Tony Ramos: No Tempo da Delicadeza

Autor(es): Carvalho, Tania

Editora: Imprensa Oficial


Avise-me


Produto indisponível no momento.

Caso deseje ser informado quando este produto estiver disponível em nosso estoque, digite seu nome e e-mail.

Nome:
Email:

COLEÇÃO: Aplauso Perfil - Tony Ramos fala da simplicidade da vida, da profissão e do amor pela família nesta biografia escrita pela jornalista Tania Carvalho. Tony Ramos é reconhecido pelos amigos e colegas de trabalho como um homem ético, bem-humorado, inteligente, carinhoso e cidadão. Mesmo com tantos elogios de todos os lados, ele sempre conseguiu manter privacidade em sua vida pessoal e nunca se deixou levar pelo deslumbramento da profissão. "Não sou pretensioso ou bonzinho. Também me recuso a ser, como muitos pensam, quadrado, certinho, bom moço. Sou o que sou", afirma. Tania Carvalho comenta que foi um grande prazer escrever a biografia de Tony e considera o livro leitura obrigatória nos tempos de hoje: "A obra conta a história de um homem que valoriza antes de tudo a ética, o companheirismo, a amizade, a lealdade, a delicadeza. E que venceu na vida pelo seu trabalho. Ou seja, coisa rara nos dias de hoje. É muito bom conversar e poder contar a vida de uma pessoa que não se deslumbra com o sucesso, com as capas de revistas e que sabe muito bem criar cercas em torno da sua privacidade. Sempre com delicadeza!". Paranaense de nascimento, paulista de criação e carioca por adoção, Tony foi criado pela mãe e pela avó. "Duas mulheres maravilhosas e destemidas, com quem aprendi todas as lições. Por causa delas, cresci com uma certeza: o sucesso, o poder, a notoriedade e a fama, não te autorizam, não te qualificam como ser humano e não te fazem melhor do que ninguém. "E continua: "Se de uma coisa me ufano é de nunca ter prejudicado ninguém. Sei quem sou, o que quero fazer na vida, o que posso e até o que represento para as pessoas. Mas quero conviver com isso naturalmente, sou uma pessoa absolutamente igual a todas as outras". Apesar da fama na TV, Tony também participou de várias montagens no teatro. Sua primeira peça foi "Quadros da Vida", de Geraldo Vietri. Depois vieram "Quando as Máquinas Param", de Plínio Marcos, "Rapazes da Banda", "Pequenos Assassinatos", "Um Grito de Liberdade", "Caiu o Ministério", "Absurda Pessoa do Singular", "Meu Refrão - Olé Olá", "Lúcia McCartney", "A Morte e a Donzela", "Cenas de um Casamento", "Novas Diretrizes em Tempos de Paz" de Bosco Brasil, sucesso absoluto ao lado de Dan Stulbach. "O que eu mais busco no teatro é a palavra, o seu poder. Adoro as palavras. É a melhor arma contra a violência", ele diz. No cinema, Tony fez "Noites do Sertão", "Ninguém Segura essas Mulheres", "Leila Diniz", "Minas Texas", "O Noviço Rebelde", "Pequeno Dicionário Amoroso", "Bufo & Spallanzani", "Se Eu Fosse Você", ao lado de Glória Pires. Quando fala de sua vida, a personagem mais freqüente é a esposa Lidiane, a grande companheira, inclusive para assuntos de trabalho: "A primeira pessoa a ouvir as primeiras idéias sobre um personagem é a minha mulher. Mostro para ela as coisas lindas que estão escritas, digo o que estou pensando sobre o personagem, como pretendo fazê-lo. Ela me ouve, me aconselha, me aguenta com as minhas inquietações nas horas mais impróprias. Tenho uma relação inteligente, saborosa e bem humorada com Lidiane." Entre os planos para o futuro, estão a idéia de escrever roteiros para cinema, fazer um curso de seis meses na Universidade de San Diego ou na Califórnia e até assumir a direção de uma produção. E completa: "Certo mesmo é que minha vida familiar estará sempre à frente do meu trabalho. Acredito que a tal felicidade não se compra; não se acha escondida. Ela está dentro de cada um de nós, cumpre-se encontrá-la. Mas, sem dúvida, ela só aparece quando se está em paz com a gente mesmo e não espiando, desejando, a felicidade alheia. Vida é trabalho e bom senso." 

ISBN: 85-7060-4440

Edição/Ano: 1ª edição, 2006

Paginas: 168

Encardenação: Brochura

Comprimento: 18,00 cm.

Largura: 12,00 cm.

Altura: 1,00 cm.

0 Opiniões:

OPINE

Envie uma Opinião

Faltam 120 caracteres Coloque seu nome e e-mail. As críticas sem assinatura não serão publicadas.