Meu Fausto

Autor(es): Valéry, Paul

Editora: Ateliê Editorial




Por: R$ 39,00

TRADUÇÃO, INTRODUÇÃO e NOTAS: Azevedo, Silvia Maria; Fachin, Lídia - APRESENTAÇÃO: Barbosa, João Alexandre - Segundo o próprio Valéry, o processo da criação de "Meu Fausto" se deu sem plano preconcebido. A observação não deixa de ser surpreendente vinda de alguém chamado de "poeta do rigor impassível da mente" por Ítalo Calvino, ele também cultor do demônio da exatidão. A correspondência do poeta francês e muitas páginas dos Cahiers também vieram revelar os "arredores" da elaboração de "Meu Fausto": Valéry, então um homem de sessenta e dois anos, se apaixona pela jovem Jeanne Loviton, que irá abandoná-lo para se casar com o editor Robert Denöel, ao final, assassinado em 1944, por ter colaborado com os nazistas. O poeta jamais vai se recuperar do duro golpe, e morre no verão de 1945, permanecendo "Meu Fausto", que se esperava seria a grande realização de Paul Valéry, na condição de "esboços", obra aberta à espera de continuidade nas recriações futuras do mito do Fausto. 

ISBN: 978-85-7480-5429

Edição/Ano: 1ª edição, 2011

Paginas: 176

Encardenação: Brochura

Comprimento: 23,00 cm.

Largura: 16,00 cm.

Altura: 1,00 cm.

SUMÁRIO

 

Apresentação – João Alexandre Barbosa

Um Mito Revisitado: "Meu Fausto" de Paul Valéry – Lídia Fachin e Silvia Maria Azevedo

"Meu Fausto"

- "Meu Fausto" (Esboços)

- Lust: A Donzela de Cristal (Comédia)

- Primeiro Ato

- Segundo Ato

- Terceiro Ato

- Quarto e Último Ato

- O Solitário ou as Maldições do Universo (Féerie dramática)

0 Opiniões:

OPINE

Envie uma Opinião

Faltam 120 caracteres Coloque seu nome e e-mail. As críticas sem assinatura não serão publicadas.