Dionysos nº 29 - Escola de Arte Dramática

Autor(es): Lima, Mariângela Alves de; Vargas, Maria Thereza; Zanotto, Ilka Marinho (ORGANIZAÇÃO)

Editora: MinC, FUNDACEN


Avise-me


Produto indisponível no momento.

Caso deseje ser informado quando este produto estiver disponível em nosso estoque, digite seu nome e e-mail.

Nome:
Email:

Livro raro - ESTADO DE CONSERVAÇÃO: Antigo; Sem rasuras; Excelente. Pequenas manchas amareladas nos cortes das páginas, devido à ação do tempo. Capa levemente amassada, principalmente nas quinas.

TEXTOS: Nanci Fernandes; José Armando Ferrara; Francisco Iglesias; Mariângela Alves de Lima; Sábato Magaldi; Paulo Mendonça; Décio de Almeida Prado; Maria Thereza Vargas  - ENTREVISTAS/DEPOIMENTOS: Maria Lysia Corrêa de Araújo; Pedro Balazs; Haydée Bittencourt; Maria Rita Bordallo; Maria José de Carvalho; Luís Contier; Leila Coury; Sarah Féres; Carmélio Guagliano Júnior; Jacó Guinsburg; Dorothy Leirner; Umberto Magnani; Geraldo Mateos; Alfredo Mesquita; Mylène Pacheco; José Carlos de Proença; Jefferson del Rios; Aida Slon; Mary Yoshimoto; Sylvio Zilber - Acontecimento que marcou época, a Escola de Arte Dramática é um monumento à parte na história do nosso teatro. Fundada por Alfredo Mesquita em 1948, que dela ficou à frente até 1968, o objetivo principal da EAD era a formação técnica, profissional e artística em diversas categorias, com ênfase numa informação cultural ampla. A atuação da EAD se desenvolveu nos campos teórico e prático, e a ela estiveram ligadas figuras tão importantes quanto Sábato Magaldi, Décio de Almeida Prado, Anatol Rosenfeld, Alberto D'Aversa, Antunes Filho, Ruggero Jacobbi, Cacilda Becker e tantos outros. Nas encenações que realizou, a EAD fez uma ampla escolha de clássicos até modernos como Brecht, Pirandello, Beckett e Lorca. Dela saíram nomes tão famosos como José Renato, Monah Delacy, Leonardo Villar, Jorge Andrade, Nelson Xavier, Aracy Balabanian, Juca de Oliveira, Ney Latorraca, Glória Menezes e muitos outros. Neste "Dionysos", organizado pro Ilka Marinho Zanotto, Mariângela Alves de Lima e Maria Thereza Vargas, encontram-se delineados com clareza e minúcia os principais aspectos da trajetória desse brilhante movimento. (Carlos Miranda) 

ISBN: Não consta

Edição/Ano: 1ª edição, 1989

Paginas: 414

Encardenação: Brochura

Comprimento: 26,3 cm.

Largura: 18,5 cm.

Altura: 2,3 cm.

0 Opiniões:

OPINE

Envie uma Opinião

Faltam 120 caracteres Coloque seu nome e e-mail. As críticas sem assinatura não serão publicadas.