Racine e Shakespeare

Autor(es): Stendhal

Editora: Edusp




Por: R$ 32,00

TRADUÇÃO E PREFÁCIO: Costa, Leila de Aguiar - Em 1823 e 1825, Stendhal aparece na cena crítica francesa com "Racine e Shakespeare". Embora não tenha a pretensão de escrever uma teoria sobre o teatro, parece inegável que ele lança ali as bases para a compreensão desse gênero. Como observa Leila de Aguiar Costa, trata-se de um panfleto em defesa da modernidade, da libertação frente aos preconceitos e ao pedantismo em direção do universo da energia e da paixão que amplamente se conformaria na obra romanesca do autor, especialmente em "A Cartuxa de Parma" e "Crônicas Italianas". Longe e liberto das convenções e do pedantismo, o romanticismo no teatro apregoa a adequação aos tempos presentes: sua dicção, seus temas, seu enredo devem, sempre, responder à atualidade e, por conseguinte, ao verdadeiro; somente assim é que se proporciona o maior prazer possível. Eis a lição moderna de Stendhal e de seu "Racine e Shakespeare".

ISBN: 978-85-3141-0604

Edição/Ano: 1ª edição, 2008

Paginas: 224

Encardenação: Brochura

Comprimento: 18 cm.

Largura: 12,5 cm.

Altura: 1,5 cm.

0 Opiniões:

OPINE

Envie uma Opinião

Faltam 120 caracteres Coloque seu nome e e-mail. As críticas sem assinatura não serão publicadas.