Jacques e seu Amo - Homenagem a Denis Diderot em Três Atos

Autor(es): Kundera, Milan

Editora: Nova Fronteira


Avise-me


Produto indisponível no momento.

Caso deseje ser informado quando este produto estiver disponível em nosso estoque, digite seu nome e e-mail.

Nome:
Email:

ESTADO DE CONSERVAÇÃO: Antigo; Sem rasuras, Folha de guarda com carimbo; Ótimo. Miolo e cortes levemente amarelados, devido à ação do tempo. Capa com pequenos danos nas quinas.

TRADUÇÃO: Ramalhete, Raquel - Esta é a primeira e (até agora) única peça de teatro escrita por Milan Kundera. Trata-se de uma variação sobre “Jacques Le Fataliste” de Denis Diderot. Neste clássico, o grande filósofo e teatrólogo francês do século XVIII segue o exemplo de Laurence Sterne, em “A Vida e as Opiniões do Cavalheiro Tristram Shandy”, e cria um romance absolutamente revolucionário, mesmo para os padrões de hoje. Em “Jacques e seu Amo”, é a vez do autor de “A Insustentável Leveza do Ser” radicalizar em liberdade formal e invenção. Há casos repetidos várias vezes, sempre interrompidos por diversos tempos de ação que de repente se entrecruzam. Os personagens discutem a função de cada um deles na peça, saem de seus papéis e culpam seu criador por sua mediocridade. A unidade de ação é constantemente quebrada, e a ilusão de realidade, esquecida. Em “Jacques e seu Amo”, Kundera não respeita qualquer regra: Aqui, tudo é riso e divertimento.

 

ISBN: 85-2090-0968

Edição/Ano: 1ª edição, 1988

Paginas: 100

Encardenação: Brochura

Comprimento: 21 cm.

Largura: 14 cm.

Altura: 0,8 cm.

0 Opiniões:

OPINE

Envie uma Opinião

Faltam 120 caracteres Coloque seu nome e e-mail. As críticas sem assinatura não serão publicadas.