Fim de Partida

Autor(es): Beckett, Samuel

Editora: Cosac Naify


Avise-me


Produto indisponível no momento.

Caso deseje ser informado quando este produto estiver disponível em nosso estoque, digite seu nome e e-mail.

Nome:
Email:

COLEÇÃO: Prosa do Mundo - TRADUÇÃO e PREFÁCIO: Andrade, Fábio de Souza - Escrita na atmosfera do pós-guerra, a obra traz para o centro da cena histórica o modernismo tardio de Samuel Beckett (1906-1989). Repetindo a estrutura dramática de "Esperando Godot", os dois protagonistas, Hamm e Clov, encontram-se reclusos num abrigo, sofrendo com a escassez de alimentos e remédios. "Fim de Partida" é um ensaio sobre o enigma de nossa condição, segundo Beckett, desumana. A partida funciona como uma moldura dramática ao nos entregar a forma do mito através do qual Beckett contempla a condição da sociedade humana em que vida e morte são duas peças do mesmo jogo. Nesta peça de um ato Hamm, Clov, Nagg e Nell - o tirano, seu criado, e seus pais - mantêm pouco (ou quase nenhum) contato com o mundo exterior. À beira do fim, dialogam espelhados na posição de vantagem, na luta de poder e na família. Para tanto, Beckett cria uma trama cujo espaço se dá em algum lugar entre a vida e a morte no qual as quatro personagens vivem baseadas em "relações humanas destruídas". A peça inicia-se no princípio do fim, minutos antes da última jogada, que não acontece nunca. Fecha o volume um ensaio fotográfico com cenas de diferentes montagens da peça. 

ISBN: 978-85-7503-8956

Edição/Ano: 2ª edição, 2010

Paginas: 176

Encardenação: Capa dura

Comprimento: 21,60 cm.

Largura: 14,00 cm.

Altura: 1,40 cm.

0 Opiniões:

OPINE

Envie uma Opinião

Faltam 120 caracteres Coloque seu nome e e-mail. As críticas sem assinatura não serão publicadas.