Apelos

Autor(es): Copeau, Jacques

Editora: Perspectiva


Avise-me


Produto indisponível no momento.

Caso deseje ser informado quando este produto estiver disponível em nosso estoque, digite seu nome e e-mail.

Nome:
Email:

“Apelos”, o livro de Jacques Copeau que a editora Perspectiva coloca agora à disposição do público brasileiro, reúne uma série de registros que esse pensador e homem de teatro fez ao longo de sua vida. São anotações que se constituem em uma espécie de fonte original ou de matéria-prima, a partir das quais foram se decantando as concepções e práticas de um dos mestres inovadores da cena moderna, para não dizer da verdadeira revolução teatral de que o século XX foi palco, com indubitável repercussão nos movimentos que escrevem e compõem a teatralidade contemporânea. Os elementos aqui fixados são textos que, embora sem vínculos explícitos entre si, tecem, à leitura, uma narrativa singular: a da trajetória existencial e intelectual de um espírito tomado pela paixão e pelo estro da poeticidade dramática, e de sua materialização sensível na representação cênica. Essa unidade resulta na definição de uma personalidade que, em suas próprias palavras e nas ramificações que ela assume, converge, não obstante tudo, para "uma linha inflexível", a da espinha dorsal de sua obra. À luz desses escritos, propõem-se ao leitor indagações e respostas de surpreendente pertinência, seja sobre a encenação, o jogo do ator, a cenografia, o espectador, a psicologia e a crítica da recepção, ou mesmo sobre o relacionamento com as artes afins de espetáculos públicos. Portanto, às incisões reveladoras das profundezas da alma de um criador artístico, Apelos proporciona notáveis lições e subsídios para o trabalho nos tablados de hoje com o eros que Dionísio lhe imprimiu. (J. Guinsburg)

 

ISBN: 978-85-2730-9677

Edição/Ano: 1ª edição, 2013

Paginas: 302

Encardenação: Brochura

Comprimento: 22,50 cm.

Largura: 12,60 cm.

Altura: 2,00 cm.

0 Opiniões:

OPINE

Envie uma Opinião

Faltam 120 caracteres Coloque seu nome e e-mail. As críticas sem assinatura não serão publicadas.