A Ópera Clássica Italiana

Autor(es): Coelho, Lauro Machado

Editora: Perspectiva




Por: R$ 79,00

COLEÇÃO: A História da Ópera - volume 7 - Delimitar fronteiras nítidas para o Classicismo italiano não é tarefa fácil, especialmente no caso da ópera. Se, num conservador como Niccolò Zingarelli - o professor de Bellini, que viveu atee 1837 -, encontramos características barrocas tardias, em compositores de estampa ortodoxamente clássica, como Simone Mayr, Ferdinando Paer e, principalmente, Gioachino Rossini, já detectamos elementos típicos do Pré-Romantismo. Neste volume, em que dá continuidade à notável série sobre o percurso histórico e estético do gênero operístico, o jornalista e pesquisador Lauro Machado Coelho propõe-se, pois, a analisar, em sua especificidade, a fase que vai de 1763 - a data da primeira ópera do pré-clássico Pasquale Anfossi - até 1829, já na soleira do Romantismo, quando estréia em Paris o "Guillaume Tell", a última obra de Rossini para o palco. O livro enfoca detalhadamente os grandes nomes do período - a tríade Piccinni, Paisiello e Cimarosa, o papel de transição de Mayr e Rossini - sem, no entanto, descurar a importância dos nomes menores, nos quais é possível perceber, até melhor do que nos grandes inovadores, os elementos constitutivos do estilo clássico. Com esta publicação, a Editora Perspectiva completa, dentro da coleção História da Ópera, os quatro volumes dedicados à evolução desta modalidade lírico-dramático no país que lhe deu origem e continuou sendo um dos mais fecundos centros de seu cultivo.

ISBN: 85-2730-5917

Edição/Ano: 1ª edição, 2003

Paginas: 432

Encardenação: Brochura

Comprimento: 25,50 cm.

Largura: 18,00 cm.

Altura: 2,50 cm.

0 Opiniões:

OPINE

Envie uma Opinião

Faltam 120 caracteres Coloque seu nome e e-mail. As críticas sem assinatura não serão publicadas.