A Ilha de Circe (Mister Sexo)

Autor(es): Bethencourt, João

Editora: Brasiliense




Por: R$ 11,90

ESTADO DE CONSERVAÇÃO: Antigo; Sem rasuras; Bom. Edição em papel jornal com folhas bastante amareladas devido à ação do tempo, mas sem prejuízo algum ao texto. Capa e contracapa também estão com manchas amareladas, devido à ação do tempo, e com pequenos danos nas quinas. Pequeno rasgo contracapa.

COLEÇÃO: Teatro Universal - volume 18 - ORGANIZAÇÃO: Sábato Magaldi - Na peça “A Ilha de Circe” surgem duas ramificações: A Política e a Moral. Política porque, em 62, nos encontrávamos em pleno domínio janguista e eu, embora não me considere político, tenho certa fascinação pela política. No momento em que um intelectual jovem publica uma revista literária e enfrenta determinadas repressões por isto e pelo tipo de vida que leva, entramos no terreno da sátira social e consequentemente da política. Quanto à moral, ela surge quando a peça se propõe a tratar de arte e imoralidade ao mesmo tempo, abordando, como não podia deixar de ser, o plano da moral prática, da moral na vida cotidiana. (Nota do Autor)

ISBN: Não consta

Edição/Ano: 1ª edição, 1966

Paginas: 123

Encardenação: Brochura

Comprimento: 16 cm.

Largura: 11,5 cm.

Altura: 1,3 cm.

0 Opiniões:

OPINE

Envie uma Opinião

Faltam 120 caracteres Coloque seu nome e e-mail. As críticas sem assinatura não serão publicadas.